| by Renata Junqueira | in Dicas in Turismo, Pousadas, Bares e Restaurantes

Doces Artesanais Carmelitanos - Os Melhores do Mundo!

Oi, gente, tudo bem?

Hoje vamos falar de um dos patrimônios e joias de Carmo do Rio Claro: os doces artesanais!

Assim que vim morar aqui, ao andar pelas ruas carmelitanas sentia um delicioso cheiro de goiabada vindo das casas. Infelizmente, com o passar dos anos, acostumei com o aroma característico desta cidade, famosa pelos doces de frutas bordados que encantaram até o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, quando em visita ao Brasil em 2011.

Dada a sua importância e valor social, há cinco anos, aproximadamente, a Seção de Cultura da Prefeitura deste Município deu início ao processo de registro do "Modo de Fazer o Doce de Carmo do Rio Claro" no IEPHA/MG - Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de MInas Gerais.

E é sobre esse "Modo de Fazer o Doce de Carmo do Rio Claro" que o post de hoje vai ter a honra de falar.

Para tanto, em parceria com a Me Leve Turismo, fui até a Doces Art Minas, uma das fábricas mais tradicionais da cidade e com produção em maior escala, embora continue sendo artesanal.

1

 

1

 

1

 

1

 

A Doces Art Minas tem quinze anos e sua primeira proprietária foi a doceira Fátima Maria de Carvalho, sendo sucedida por Ariovaldo Moura, há oito anos no comando da fábrica.

Ariovaldo nos contou como é o processo de confecção do doce de abóbora glaceada. Após a sua chegada, a abóbora é picada e cortada em formato de flor por um aparelho com alavanca idealizado por Flávio Carvalho Prado, filho da antiga proprietária e atual funcionário da Doces Art Minas.  

Em seguida, com a ajuda de outro aparelho, as abóboras no formato de flor têm suas cascas retiradas para, posteriormente, serem bordadas.

Em uma primeira calda com água e açúcar, as abóboras são cozidas em tachos de cobre cobertos com pano, prática secular que garante um aquecimento homogêneo à fruta. Depois, são transferidas para um recipiente (neste caso, uma bacia).

1

 

1

 

Após esfriarem, as abóboras (e outras frutas como o mamão, laranja, figo etc.) são colocadas em outro tacho para serem glaceadas em uma nova calda de água com açúcar.

Ariovaldo Moura e sua funcionária

Ariovaldo Moura e sua funcionária

 

1

 

Batendo vigorosamente a calda com uma escumadeira, as frutas banhadas no tacho até o ponto exato adquirem brilho (glaceadas) e se tornam joias para os nosso olhos.

Transferidas para uma peneira, descansam até serem degustadas ou embaladas para comercialização.

1
1
1

 

Segundo Ariovaldo Moura, a produção de Carmo do Rio Claro se baseia em doces glaceados e em compotas. "Doces cristalizados são aqueles que, após cozidos na calda, são passados no açúcar cristal. Este tipo de doce não costuma ser comercializado na cidade", explicou-me o proprietário da fábrica.

Parece fácil, né? Nada! As frutas têm que estar no ponto certo da maturação e muitas não são obtidas nas plantações locais, vindo de cidades vizinhas, como é o caso do abacaxi. Para terem um melhor resultado, as mais de vinte doceiras carmelitanas preferem as frutas da época, sendo as mais utilizadas a laranja, limão, goiaba, marolo, figo, mamão e abóbora. E cada uma dessas frutas exige um modo específico e peculiar de preparo, que só as doceiras de Carmo do Rio Claro são peritas.

É, sem dúvida, um trabalho artístico que exige técnica, tempo e muito amor.

Doce de figo pronto para ser envasado

Doce de figo pronto para ser envasado

 

 

 

Vidros devidamente esterilizados para garantir qualidade e durabilidade ao doce

Vidros devidamente esterilizados para garantir qualidade e durabilidade ao doce

 

Doces de figo prontos para serem comercializados

Doces de figo prontos para serem comercializados

 

E não é só. Com uma ponta de faca afiada, nossas bordadeiras esculpem, calmamente, as cascas de mamão verde antes de se tornarem doces. Com precisão, formam os mais variados desenhos, como o logo da TV Onda Sul abaixo. Lindo, né? Ótima sugestão de presente, especialmente nas festas de fim de ano.

1
Brasão dos times mineiros, Atlético e Cruzeiro

Brasão dos times mineiros, Atlético e Cruzeiro, respectivamente

 

E dos times cariocas, Vasco e Flamengo

E dos times cariocas, Vasco e Flamengo

 

Vejam alguns dos ínúmeros doces comercializados em Carmo do Rio Claro:

1

 

 

1

 

1

 

1

 

1

 

Goiabada e Doce de Leite em Pedaços

Goiabada e Doce de Leite em Pedaços

 

Tirinhas de casca de limão e laranja cristalizadas, muito consumidas em cafeterias

Tirinhas de casca de limão e laranja cristalizadas, muito consumidas em cafeterias

 

Cada cor, um sabor de torrone
Cada cor, um sabor de torrone

 

O Dia do Doce em nosso Município é comemorado todo dia 05 de novembro, data em que também se celebra o aniversário de Carmo do Rio Claro, cidade, merecidamente, conhecida como "Cidade do Doce". Venham conhecer a linda e doce Carmo do Rio Claro!

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, escrito com muito carinho. Vou deixar aqui embaixo o contato de algumas doceiras carmelitanas, cujos nomes foram a mim gentilmente enviados pela Associação dos Artesãos de Carmo do Rio Claro. 

Besos!

"Carmo do Rio Claro
uma pequena cidade
no sudoeste de Minas
difícil quem não se agrade
é onde moram doceiras
de grande habilidade"
 
(Trecho do "cordel' de Josê Francisco Borges)

 


DOCES ART MINAS (Ariovaldo Moura)
Rua Abrão Montrazzi, 81. Distrito Industrial. Carmo do Rio Claro - MG
(35) 99942-7938 - VIVO / (35) 99205-2221 (TIM)

ASSOCIAÇÃO DOS ARTESÃOS DE CARMO DO RIO CLARO
Praça Dona Maria Goulart, 258, Centro. Telefax: (35) 3561-2816

CIAR (Fábrica da APAE Carmelitana) - (35) 3561-1808 (APAE Carmo do Rio Clarto) / (35) 99940-4935 (Maria Aparecida/Gerente do CIAR)

DOCEIRAS DE CARMO DO RIO CLARO:

1) Flávia Aparecida Felipe Marques (sucessora da Doceira Teresa Carvalho, a "Tteresa Doceira") - Rua Dr. Monte Raso, 44, Centro. Celular: (35) 99814-8994

2) Luzia de Fátima Dias - Rua Monsenhor Mário, 381, Centro. Cel.: (35) 99955-8043

3) Maria Rita Dias de Paula - "Doces Sabor Família" (Rita do Tuché) - Rua Bortolo Augustina, 53, Jarim América. Cel.: (35) 99939-8047

4) Ângela Maria Martins - Tel.: (35) 3561-2484

5) Maria de Lourdes dos Santos (Fiinha Doceira) e Joseane da Silva - Rua Dr. Pedro Tito Pereira, 191-a. Tel.: (35) 3561-2614

CLIQUE AQUI E CURTA A PÁGINA DA DOCES CASEIROS FIFINHA E JOSI

 

6) Mistura Melada (Cecília Lemos) - Rua Dr. Monte Raso, 117, Centro. Tel.: (35) 3561-2030

CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE DA MISTURA MELADA

 

7) Rosa Maria de Melo - Tel.: (035) 3561-1631

8) Seila Nogueira Prado (Doces Confeitados) - Rua Inácia Gabriela de Carvalho, 529, Jardim América. Celular: (35) 99931-2363

AGRADECIMENTO:

ME LEVE TURISMO (TETÊ LEMOS) - (35) 98843-4451 (Tim) / (35) 99958-7314 (Vivo)

@meleveturismo

Doces artesanais de Carmo do Rio Claro doces patrimônio de Carmo do Rio Claro doces bordados carmelitanos são os melhores do mundo doces em compota Carmo do Rio Claro Modo de Fazer o Doce de Carmo do Rio Claro Blog da Renata Junqueira
Compartilhe:
Veja também:
LEAVE A REPLY:
Pesquise no site
Categorias

Selecione

Quem sou eu

Renata Junqueira é carioca, mineira de coração, geminiana, apaixonada pela família, culinária, viagem e decoração.

Curta minha Fanpage

Inscreva-se
em nosso canal.

Um ponto de encontro para quem curte moda, make, decoração e umas coisinhas a mais!

Depoimentos
Fãs e Amigos



"Parabéns Renata Junqueira, e que venham muitas realizações! Eu tenho muito orgulho de você, minha sobrinha! Beijos"”

Elza Araújo